O rosa representa alerta e conscientização para que as mulheres façam o autoexame e a mamografia regularmente. Dois cuidados que facilitam a detecção precoce do câncer de mama diminuindo os riscos que podem surgir. 


O câncer de mama é a doença que mais mata mulheres mundialmente e para conscientizar a população feminina e a sociedade como um todo sobre o problema, prevenção e tratamento foi criado o Outubro Rosa, um movimento popular iniciado nos Estados Unidos, em 1990, e hoje comemorado em várias partes do planeta.


A cada dez mulheres diagnosticadas com a doença no país, três morrem segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), órgão do Ministério da Saúde. No Brasil, somente no ano de 2011, a doença fez 13.225 vítimas. 


O ano de 2012 registrou crescimento de 37% na realização de mamografias na faixa prioritária – de 50 a 69 anos – em comparação com 2010, no Sistema Único de Saúde (SUS), mesmo assim se faz necessária a conscientização para que nenhuma mulher fique sem fazer o exame. 


A CTB convida todos a usarem o laço rosa a fim de sensibilizar a população feminina sobre o câncer de mama, assim como a cor virou símbolo mundial da luta possamos acabar com essa terrível doença.