Fetag O Sindicato dos Trabalhadores Rurais e o Sindicato Rural de Passo Fundo realizaram, na manhã desta terça-feira (7/11), uma manifestação, que iniciou com um minuto de silêncio, em frente ao Fórum de Passo Fundo. O motivo se deve à decisão do juiz Dalmir Franklin de Oliveira Júnior que, ao decretar a prisão do assassino do agricultor Antônio Roberto Lubian, na localidade de São Roque, pediu investigação aos Direitos Humanos por que o criminoso chegou machucado na delegacia.

Na opinião de Marinês Scapini, assessora da Regional Passo Fundo, tal decisão do juiz pune os policiais e favorece os marginais. “Estamos aqui para nos solidarizarmos em favor dos policiais, que estão fazendo a sua parte e que garantem não ter havido abuso de autoridade”, disse.

Com tratores para mostrar a indignação dos agricultores, foi fechada a rua em frente ao Fórum, pedindo aos magistrados que olhem pelos trabalhadores rurais. “As nossas famílias estão com medo, pois no mês de outubro foram mais de cinco assaltos, que além de levar os bens das famílias, os marginais agiram com violência, como o assassinato de Lubian”.

Fonte: Fetag-RS