As manifestações convocadas para este sábado (29) pela Campanha Fora Bolsonaro, integrado pela CTB e por várias entidades, agitaram as capitais e cidades brasileiras, superando as expectativas dos organizadores.

Em Brasília, manifestantes também saíram às ruas contra o presidente da extrema direita e a favor da aceleração do ritmo da vacinação, auxílio emergencial no valor de R$ 600,00 e a valorização da educação e da saúde no país, pauta que orientou os atos realizados em todo o país.

Conforme notícia do G1 o grupo se concentrou, por volta das 9h, na altura do Museu Nacional da República, e depois desceu pela Esplanada dos Ministérios, rumo ao Congresso Nacional. Todas as seis faixas da via foram ocupadas.

Os participantes do protesto carregavam faixas e cartazes com palavras de ordem como “Fora Bolsonaro” e “Vacina Já”. Faixas também lembram os mais de 450 mil mortos no país vítimas da Covid-19.

Havia também um boneco de Bolsonaro caracterizado com o bigode de Adolph Hitler e com as mãos sujas de sangue.

Aqui no RS, milhares foram as ruas, tomando todas as medidas de segurança e proteção contra o covid, pedindo Fora Bolsonaro, vacina para todos JÁ e o auxílio emergencial.

De acordo com Guiomar Vidor, presidente da Fecosul e CTB-RS, é hora de por fim a esse governo genocida. "Chega! Precisamos acabar com o negacionismo do governo Bolsonaro. Vidas estão sendo perdidas para uma doença que já existe vacina. Estamos nas ruas pela vacinação rápida de todos e o auxílio emergencial", destacou.