Após reunião com o secretário de planejamento do Estado para debater sobre reajuste do piso regional, os dirigentes sindicais seguiram, nesta quinta-feira (7/12), para a sede da CTB-RS para falar sobre ações no próximo dia 12, data em que o governo Temer quer colocar a reforma da previdência para votação. Ficou acertado entre as centrais que será dada continuidade às mobilizações e denúncias contra os deputados que estão defendendo a reforma da previdência. 

“Realizaremos atos, manifestações, paralisações na capital e principais cidades do interior do estado com o intuito de desmascarar as mentiras que estão sendo divulgadas através da propaganda do governo. Estaremos fazendo uma ampla divulgação dos deputados que já se manifestaram a favor da reforma da previdência”, relatou o presidente da CTB-RS, Guiomar Vidor. 

Está marcada plenária para a próxima segunda-feira (11/12), na sede dos Bancários, no centro de Porto Alegre, às 9h30, com coletiva de imprensa às 11h.

Texto e foto: Aline Vargas/CTB-RS