Ao meio-dia desta segunda-feira (23), em ato realizado na Esquina Democrática, em Porto Alegre, foi lançado plebiscito popular contra as privatizações e a entrega das empresas estatais: Banrisul, Corsan, Procergs, CEEE, Sulgas, CRM, Correios, Caixa, Banco do Brasil, Eletrobras, Petrobras, Trensurb, Carris, Procempa e DMAE.  

Contra as privatizações propostas por Bolsonaro e Leite, o plebiscito argumenta que os serviços prestados pós-privatização deixarão de ser de todos e passarão a ser de poucos que terão dinheiro para pagar os altos preços.

O plebiscito ainda convida a população para participar da Primavera da Democracia, de 16 a 23 de outubro, na qual acontecerão atividades para tentar barrar as privatizações.

De acordo com Guiomar Vidor, presidente da CTB-RS: "não podemos permitir que o patrimônio público seja entregue praticamente de graça e deixe de prestar um serviço estratégico para o desenvolvimento econômico e social de nosso Estado, como é o caso do Banrisul, Corsan E Sulgas, por exemplo. A CTB está junto nesta luta para esclarecer a sociedade gaúcha e construir uma resistência contra as privatizações através deste plebiscito popular”.



Acompanhe as atividades: