Com o mote “Não proteger a criança é condenar o futuro” será lançada nesta terça (12) mais uma campanha pela erradicação do trabalho infantil, cujo foco é denunciar a situação alarmante de milhões de crianças e adolescentes condenadas ao trabalho em atividades exaustivas e não raro degradantes. Dados da OIT revelam que 170 milhões de crianças e adolescentes no mundo ainda são obrigados a trabalhar com a finalidade de prover o próprio sustento e de sua família. No Brasil são cerca de 3 milhões.