No final da tarde desta quarta-feira (6), Nivaldo Santana, Secretário de Relações Internacionais da CTB Nacional participa da 9ª Plenária Estadual da Fecosul e realiza o painel de abertura do evento.

Antes do painel, a entidade fez ato em alusão ao seu aniversário de 80 anos, com fala do presidente Guiomar Vidor e vídeo de retrospectiva.

Nivaldo iniciou sua intervenção cumprimentando a Fecosul pelos 80 anos de luta ao lado dos comerciários. O diretor da CTB Nacional discorreu sobre a reforma trabalhista e citou vários retrocessos impostos aos trabalhadores por ela.
 
Ainda, tratou do golpe sofrido por Dilma, apontando-o como instrumento utilizado para viabilizar a retirada de direitos que vivemos nos dias atuais. Também falou sobre os objetivos da reforma trabalhista. "Um dos principais objetivos desta reforma é acabar com as entidades sindicais, inviabilizando a sua sustentação. Precisamos ter em mente que os direitos trabalhistas não foram nenhum presente, foram uma conquista dos trabalhadores e seus sindicatos, com muita luta. Por isso os ataques que o movimento sindical sofre hoje", apontou.

Por fim, Nivaldo falou das eleições como uma alternativa para sair da crise. "Temos a oportunidade de virar o jogo e eleger um governo que devolva os direitos para a classe trabalhadora. O setor conservador não consegue emplacar o seu candidato. A classe trabalhadora precisa ser esclarecida sobre a importância das eleições", concluiu.

Texto: Juliana Figueiró Ramiro
Foto: Rodrigo Positivo