Com a insistência em manter pauta de retrocessos, os patrões não estão permitindo que a negociação mediada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região avance. Em mais uma tentativa de se chegar a um acordo diante do Desembargador Ricardo Carvalho Fraga do TRT, e após sete reuniões entre as partes em Caxias do Sul, a patronal insiste no arrocho.

O patronal segue com postura intransigente e persistiu na proposta de implantação do turno 6x2. Enquanto o Sindicato dos Trabalhadores apresentou algumas outras opções para a não inclusão desse turno.

“A categoria não aceita essa proposta. É preciso encontrar alternativas. Nós apresentamos algumas propostas. Acreditávamos que eles também fossem levar algo novo para ser debatido. Infelizmente, eles continuam intransigentes e batendo na mesma tecla” , ressaltou o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Claudecir Monsani.

“A discussão da proposta 6x2 foi suspensa para tentativa de se avançar em outras frentes até a próxima audiência”, anunciou Monsani.
A próxima mediação está agendada para 31 de agosto, às 10 horas.

Texto: Clomar Porto e Uliane da Rosa
Foto: Uliane da Rosa