Na tarde hoje, a FEDERAÇÃO DOS EMPREGADOS NO COMÉRCIO E SERVIÇOS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, juntamente com seus 52 sindicatos filiados, envia nota ao governador do Estado, Eduardo Leite, pedindo que mantenha a decisão de permitir apenas a abertura de serviços essenciais, com o objetivo de proteger a vida dos gaúchos, em primeiro lugar, e também a economia.


ABAIXO CONFIRA A NOTA OFICIAL:

fecosul-nota-governo