Neste manhã, o presidente da Fecosul e CTB-RS, Guiomar Vidor, participou de debate na Band, conduzido pelo jornalista André Machado. O tema foi a Reforma da Previdência.

Guiomar Vidor defendeu a posição que vem adotando até aqui, contrária à Reforma. “A proposta coloca, mais uma vez, o pagamento da crise sobre os ombros dos trabalhadores brasileiro que menos ganham. Da economia sugerida pelo governo, cerca de 83% vai ser tirada do bolso dos que ganham até 2 mil reais”, destaca.

O presidente da Fecosul e CTB ainda destacou a imposição por parte do governo da alteração da idade mínima para que os trabalhadores possam se aposentar. “Impor uma idade mínima de 65 anos e 40 de contribuição representa a exclusão da maioria dos brasileiros da possibilidade de se aposentar. Parece exagero, mas muitos irão trabalhar até a morte, sem conseguir chegar lá”, lamenta.

Vidor ainda reafirma a fala da unidade das centrais, que denuncia os partidos e políticos que apoiam a reforma. “O governo e os partidos que apoiam a reforma estão condenando o país a ter uma legião de miseráveis na velhice. Por tudo isso, vamos lutar até o final contra essa reforma”, aponta.