As Centrais Sindicais, empresários, estudantes e trabalhadores de indústrias gaúchas se reuniram na tarde de segunda-feira (26 de março) na Praça da Matriz, em Porto Alegre, para realizar o "Grito de Alerta — O Brasil Não Pode Parar", movimento em defesa da indústria brasileira. O ato começou no início da tarde, no Largo Glênio Peres. Sindicalistas e empresários foram recebidos na Assembleia Legislativa e se encontraram com o governador Tarso Genro, para entregar pauta com propostas em defesa da indústria, do emprego e contra a concorrência desleal dos importados.